sábado, 26 de abril de 2014

Fanfic "Desire And Crime"- Capítulo 14

Autora: Larissa Hale (Nyah / Larissa)
Sinopse: Edward Cullen conhecido como Antonny, é chefe da Cosa Nostra Americana com apenas 28 anos. Homem impiedoso. Não mede esforços para acabar com alguém e conseguir o que quer. É um homem temido por todos,até mesmo pelo amor. Isabella Swan,conhecida como La Belle ou apenas Bella,tem 24 anos e é prostituta do bordel de James. Uma pessoa considerada fria e sem sentimentos. Foi abandonada pelos pais quando tinha 6 anos. Desde daquele dia não acredita mais no amor. Duas vidas que se encontram apenas em uma noite,mas que pode mudar a vida deles para sempre. Apenas um encontro vai entrelaçar suas vidas pela eternidade....
Classificação: +18
Categorias: Saga Crepúsculo
Personagens: Alice Cullen, Angela Weber, Aro Volturi, Bella Swan, Carlisle Cullen, Charlie Swan, Demetri Volturi, Edward Cullen, Emmett Cullen, Esme Cullen, Felix, Heidi, Irina Denali, Jacob Black, James, Jasper Hale, Jessica Stanley, Mike Newton, Renée Dwyer, Renesmee Cullen, Rosalie Hale, Tanya Denali, Victoria
Gêneros: Ação, Drama, Hentai, Romance, Tragédia, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Capítulos :  /  /  /  /  /  / 7º /  /  / 10º / 11º / 12º / 13º

Capítulo 14

Era segunda-feira. Bella iria se encontrar com Jacob em um Starbucks. Tudo estava bem, a não ser... como ela iria sair dali,já que Edward não deixava ela por um pé pra fora daquela casa. Fazia 1 semana que ela não saia dali. Estava se sentindo sufocada com todo aquele cuidado excessivo que Antony tinha para com ela. Mas hoje precisava arrumar um jeito.


Bella desceu as escadas a procura de Antony. Ela não o achou e decidiu ir até a cozinha. Mas lá só estava Sue.



–-Oi Sue. Você viu o Antony por ai? – Ela perguntou se apoiando no balcão da cozinha.



–-Não querida. Ele saiu bem cedo. Disse que tinha coisa pra resolver. – Sue respondeu.



–-Ok. Eu vou subir. Já esta na hora de tomar meu remédio. – Bella diz saindo da cozinha.



Bella pensou que fosse mais fácil sair dali,mas se decepcionou ao olhar na janela e ver um monte de homens vestidos de ternos pretos rodeando toda a mansão. Eram os seguranças altamente armados de Edward. Ela bufou irritada e voltou a fechar a cortina. De repente uma idéia se acendeu na sua cabeça como uma lâmpada. Ela pegou seu celular e ligou para Alice pedindo ajuda. Meia hora depois a baixinha já estava lá. Bella contou a ela seu plano de tentar sair um pouco daquela casa.



–-Vai ser bem arriscado. Mas eu te ajudo. Vá se arrumar enquanto eu ligo para o Edward. – Alice diz e Bella assenti correndo para o banheiro.



Enquanto Bella se vestia,Alice ligava para Edward. Era lógico que ele reclamou dizendo que era muito perigoso Bella andar por ai. Mas Alice conseguiu persuadi-lo. Ele deu varias condições, e Alice prometeu cumprir todas.



Alice,Bella e 4 seguranças saíram. Alice foi para o shopping sendo acompanhada por dois e Bella foi em direção do Starbucks com outros dois. Assim que entrou Bella logo avistou Jacob. Os seguranças ficaram do lado de fora.



–-Oi Jake. – Bella diz se sentando na frente dele.



–-Oi Bella. Você quebrou o braço? – Ele disse franzindo o cenho.



–-Sim. Um pequeno acidente. – Bella diz dando um sorriso amarelo.



Os dois fazem seus pedidos. Bella pede um cappuccino e croissant de chocolate e Jacob pede o mesmo.



–-Quem são aqueles homens lá fora? – Jacob indaga.



–-São meus seguranças. – Bella diz dando uma mordida no croissant.



–-Seguranças? Pra que você precisa de seguranças? – Jacob disse confuso e Bella suspirou.



–-Olha,Jacob eu preciso te contar umas coisas,mas você não pode contar pra ninguém. Na verdade é muito perigoso pra você se encontrar aqui comigo. Eu estava grávida de Edward Cullen. – Bella confessa e Jacob engasga.



–-Edward Cullen? Grávida? – Ele esclama.



–-Você o conhece?



–-Bella esse tal de Edward Cullen é o homem mais influente dos Estados Unidos. Ele é muito rico. Algumas pessoas dizem que ele esta envolvido com a máfia,mas ainda não conseguiram provar. Mas como assim “estava grávida”? – Ele perguntou confuso.



–-Eu perdi o bebê. Mas pra você entender. Eu vou te contar tudo do começo. – Bella diz.



Isabella conta tudo para Jacob. Desde o inicio,quando viu Edward pela primeira vez. Claro que ele ficou chocado com alguns fatos. Ela contou a parte em que foi violentada pelos homens de Aro.



–-.....e agora eu estou morando na casa dele. – Bella finaliza a estória com um suspiro. Jacob estava perplexo. Aquilo era digno de roteiro de um filme.



–-Nossa Bells. Mas por que você não me ligou? Eu sou seu irmão. Ou você não confia em mim? – Jacob diz e Bella o fita.



–-Eu confio em você. Eu te amo Jake. Mas seria muito perigoso se você se envolvesse. Olha pra mim,eu me envolvi sem querer. Apenas fazendo o meu trabalho e agora não posso sair sem que esses homens estejam na minha cola. Eu não quero que você se machuque como eu me machuquei. – Bella diz amargurada.



–-Eu entendo querida. – Jacob diz colocando as mãos dele em cima das de Bella, e a acariciando. As pessoas que viam aquela cena pensavam que era um casal de namorados.



–-Mas agora vamos falar sobre coisas boas. Como esta Leah e o bebê? – Bella diz com um sorriso no rosto.



–-Esta com 9 meses. Ela esta ansiosa pela chegada da nossa Sarah. Amanhã mesmo bem cedo eu volto pra La Push. Ela não pode mais ficar sozinha. São as ultimas semanas. – Jacob diz com um sorriso no rosto.



–-Fico feliz por você meu amigo. – Bella diz acariciando os cabelos dele.



Eles ficaram mais algum tempo ali conversando,até que Alice mandou uma mensagem para o celular de Bella dizendo que já estava na hora de ir pra casa. Bella então se despediu de Jacob e ficou esperando Alice chegar. Depois que a baixinha chegou as duas foram para a casa de Edward.



Quando Bella chegou em casa,Sue ainda estava preparando o almoço e Antony ainda não havia chegado. Mas Bella sabia que não iria demorar muito tempo. Sue alegava que Edward nunca almoçava em casa,já que tinha muito trabalho pra fazer. Bella não sabia o por quê de Antony querer sua companhia durante as refeições.



Bella tomou um banho rápido e desceu para o andar de baixo. Como era de se esperar lá estava ele sentado á mesa,com sua postura rígida como sempre.



–-Desculpe o atraso. – Bella disse em uma voz baixa se sentado do outro lado da mesa.



–-Ok. Mas que isso não se repita. – Ele disse com sua voz fria de sempre.



–-Ok. – Bella respondeu sem encara-lo.



Ela não sabia por quê se tornava tão submissa á Antony. Se fosse á alguns meses atrás ela nunca iria receber ordens de homens. Mas com ele era diferente. Era como se ele tivesse o controle do corpo dela.



Sue apareceu e os serviu. Bella não queria que ele começasse com algum assunto perguntando como havia sido seu dia. Ele fazia isso todos os dias, e Bella sempre o respondia monossilabicamente.



–-Como foram as compras? – Edward perguntou.



–-Boas. – Bella respondeu simplesmente.



–-Compraram muitas coisas? – Ele insistiu em conversar com ela.



–-Algumas. Mas Alice que comprou mais. Ela me comprou alguns vestidos. – Bella respondeu.



–-Alice sempre foi compulsiva por compras. – Edward disse dando o seu primeiro sorriso sincero naquela semana.



O assunto não durou muito tempo,já que nenhum dos dois queria conversar. O telefone de Edward tocou, e como ele já havia terminado seu almoço pediu licença e saiu da mesa. Bella como sempre ficava ali sozinha.





2 dias se passaram. A rotina de Bella continuava a mesma. Acordava as 8 da manhã tomava seu café,ia para o quarto novamente, e voltava apenas na hora do almoço. Algumas vezes Alice a fazia companhia ate mesmo Rosálie visitava Bella.



Antony? Já Antony continuava o mesmo. Frio e indiferente o tempo todo. Raras vezes ele se tornava simpatico,mas logo depois ele voltava a pôr sua mascara de indiferença no rosto e tudo voltava a ser o que era antes.



–-Como esta a sua relação com o meu irmão? – Rosálie perguntou. Bella de imediato se assustou com a pergunta. As duas estavam no jardim aproveitando o dia ensolarado.



–-Minha relação com ele? Nós não temos uma relação. Ele não consegue ficar no mesmo lugar que eu por mais de 5 minutos, há não ser na hora das refeições. Isso quando ele aparece. – Bella disse desanimada.



–-Meu irmão é um homem bastante difícil,Bella. Mas veja,eu acho que ele melhorou. Tânia,por exemplo,apareceu por aqui?



–-Não. Faz um tempo que ele não pronuncia o nome dela. – Bella disse olhando para Mitsy que andava pelo jardim.



–-Viu só? Sabe eu nunca gostei da Tânia. Eu sempre achei ela uma vadia de quinta e aproveitadora. Ela sempre se achava a ultima bolacha do pacote. – Rosálie disse fazendo Bella ri.



–-Obrigado Rose por me aceitar, e principalmente por ser minha amiga. – Bella diz dando um sorriso.



–-Obrigado você. Eu nunca tive muitas amigas. Na verdade só minha mãe e Alice. Eu queria te contar um segredo. Eu acho que estou grávida. – Rosálie disse mordendo o lábio inferior se mostrando nervosa.



–-Serio? – Bella disse com a boca aberta.



–-Sim. Minhas regras estão atrasadas 2 semanas. Mas eu ainda não quero contar pro me Emmett sem ter certeza e depois me decepcionar. Eu vou fazer o exame ainda esta semana. – Rosálie disse.



–-Eu fico feliz por você. – Bella a abraça.



As duas ficaram ali conversando mais um pouco, e depois Rosálie teve que ir embora.



Eram 20:00 h era a hora do jantar e Edward ainda não havia chegado. Era de se estranhas,já que ele era tão pontual em seus compromissos. Meia-hora depois Bella decidiu não esperar mais e jantou sozinha. Bella insistiu para que Sue fizesse companhia a ela na mesa. As 22:00 Sue se recolheu e Bella ficou sozinha novamente. Ela então foi para a sala de TV ver algum filme.



Antony ainda não havia dado nenhuma noticia. Bella já estava começando a ficar preocupada. Ela começou a ficar cansada e decidiu ir dormir. Antony era de maior e sabia o que fazia. Assim que ela subiu as escadas,escutou um barulho da porta se abrir. Bella desceu os degraus e viu Antony entrar em casa. Ele carregava o paletó nos ombros,a gravata solta no pescoço, a camisa com os botões abertos e cabelos desalinhados.



–-Edward o que houve? – Bella perguntou.



–-O que foi? Você esta preocupada comigo? – Ele diz dando um riso irônico.



–-Você bebeu? – Ela perguntou franzindo o cenho.



–-Você não precisa se preocupar comigo. Vá cuidar do seu “Jake”. – Ele disse com um ar de deboche e Bella paralisou surpresa.



–-O que sabe sobre Jacob? – Ela perguntou.



–-Você pensa que pode me enganar,não é? Bem debaixo no meu nariz. Eu sei que você se encontrou com esse tal de Jacob ontem. E sei também que ele é seu amante. – Ele disse em com um tom acusador.



–-Antony do que você esta falando? – Bella disse confusa. De onde ele havia tirado aquilo?



–-EU ESTOU FALANDO DO QUÃO VADIA VOCÊ É! ENTÃO VOCÊ SEMPRE TEVE UM AMANTE FIXO,NÃO É? O QUE ELE ACHAVA DE VOCE DAR EM TROCA DE DINHEIRO POR AI? – Ele já gritava furioso. Se continuasse a falar alto com certeza iria acordar todos os empregados da casa.



–-Você é maluco? O que você tem na PORRA DA SUA CABEÇA? QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA FALAR ASSIM COMIGO? PRA MIM VOCÊ É MAFIOSO DE MERDA. – Bella cuspiu.



Edward se aproximou de Bella como se fosse um felino prestes a atacar. Ele estava tão furioso,que Bella pensou que fosse apanhar. Mas ele apenas segurou em seu rosto o apertando,mas não com muita força.



–-EU É QUE TE PERGUNTO,QUEM VOCÊ PENSA QUE É PRA FALAR DESSE JEITO COMIGO? Eu posso te matar de uma forma bem lenta e dolorosa,sabia? – Ele sibilou enquanto a fitava.



–-ENTÃO POR QUÊ NÃO ME MATA LOGO? – Ela gritou olhando pra ele desafiadoramente.



–-Porque eu não posso. – Ele disse largando o rosto dela e subindo as escadas. Ele parou do penúltimo degrau e olhou pra Bella.



–-Por mais que você me odeie e tenha uma amante e que se encontra com ele,eu não posso mata-la. Não posso tocar em um fio de cabelo seu. Porque eu não consigo. Porque eu amo você,mesmo que você não sinta o mesmo. – Ele disse lhe dando um sorriso triste e saindo das vistas de Bella.



Ela continuava lá parada tentando absorver todas aquelas palavras. Palavra por palavra. Silaba por silaba. Antony,o homem que todos consideravam o próprio diabo,havia dito que a ama? Será que ela havia escutado direito.



Bella não conseguia identificar o que realmente aquelas palavras significavam para ela. Nunca havia escutado aquilo de ninguém,apenas de Jacob. Ma era de uma forma fraternal.



Bella sentiu algo diferente. Seu coração batia acelerado. Sentia uma vontade imensa de sorrir. Ela se deu conta que os sentimentos de Edward era recíprocos também,já que ela sentia o mesmo. Ela precisava reparar o seu erro. Quando Antony disse que a amava,ela não disse absolutamente nada. Ele com certeza achava que ela não sentia o mesmo.



Bella correu escada a cima e viu que a porta do quarto de Antony estava fechada. Ela pensou em bater na porta,mas ao invés disso ela entrou. O quarto estava vazio,ela escutou o barulho do chuveiro ligado. Ela foi até o banheiro e tirou sua roupa. A porta do Box estava aberta. Ela viu Antony com a cabeça encostada nos azulejos,enquanto a água caia sob suas costas másculas. Bella,silenciosamente foi até lá e o abraçou por trás encostando sua cabeça nas costas dele.



–-Jacob não é meu amante. Ele é meu irmão. – Ela disse de olhos fechados. Edward continuava lá na mesma posição de olhos fechados. Bella pensou que ele fosse enxota-la daquele banheiro. Mas ele não o fez. Ele apenas se virou e a olhou em silencio.



–-Eu fiquei pensando no que você me disse. A propósito eu também te amo. – Ela disse mordendo seus lábios. Ele continuou em silencio.



As mãos dele começaram a acariciar o rosto dela. Ela fechou os olhos aproveitando toda aquela sensação indescritível. Ele a beijou,ma não era um beijo selvagem como ele sempre fazia. Era um beijo carinhoso. A língua de Edward se encontrou com a de Bella. Era como se fosse cabos de aço os puxando. As mãos pequenas de Bella foram parar na nuca dela a massageando. As mãos grandes dele acariciava as laterais do corpo de Bella. Ela sentiu a excitação do membro quente dele em seu ventre. Em outras palavras ele já estava duro feito pedra. Ela também estava tão excitada quanto ele.



Os dois pararam o beijo ofegante. Edward colou sua testa na testa dela. A água morne ainda caia sobre os dois, e a respiração ofegantes dos dois era o único som que se podia escutar ali dentro. Edward desligou o chuveiro. Em um ato só ele pegou Bella no colo. Ela automaticamente passou suas pernas pela cintura dele. Ele saiu do Box com ela no colo, e a levou para o quarto. Os dois estavam completamente molhados pelo banho. Mas não se importavam. Eles queriam apenas se amar o mais rápido possível.



–-Eu esperei tanto tempo pra tocar esse corpo. – Ele sussurrou no ouvido dela com a voz embargada pelo desejo,enquanto e deitava na cama.



–-Eu também. Pra mim é como se fosse uma tortura. – Bella disse passando a mão pelo abdômen dele.



Edward se encaixou entre as pernas de Bella. Ela estava apoiada na cama pelos cotovelos tendo uma visão previlegiada de Edward nu bem ali em sua frente. Edward massageava a barriga lisa de Bella,depois suas mãos migraram para os seios pontudas e duros pelo desejo. Assim que suas mãos os tocaram,Bella sentiu seus pêlos se eriçarem e arqueou as costas e jogou a cabeça pra trás. Edward ficou ali por longos 3 minutos até finalmente os chuparem. Bella se agarrou fortemente aos lençóis da cama.



Antony viu um jeito melhor de continuar com sua tortura. Ele parou de chupar seus seios e lhe deu um sorriso malicioso. Bella olhou pra ele e levantou as sobrancelhas. Ele se ajoelhou entre as pernas de Bella,ficando com a cara da intimidade dela. Ele a penetrou com a língua. Bella soltou um pequeno gritinho de prazer e surpresa. Edward lambia,sugava,assoprava,apertada o clitóris dela com os lábios e ora mordia. Bella já estava vendo estrelas ali. Quando ele viu que Bella já estava prestes a gozar ele parou com as caricias. Bella soltou um muxoxo de decepção. Ele então a penetrou com seus pênis duro. Ela arqueou as costas novamente ao sentir Edward dentro de seu interior úmido. Ele se movimentava dentro dela devagar. Estava matando as saudades. Como era bom estar ali novamente. Era como se estivesse se sentindo em casa.



Antony começou e penetra-la com mais velocidade e dizer palavras sem sentindo. Bella gemia sem controle e arranhava as costas dele. Minutos e minutos depois nessa dança erótica os dois dão seu ultimo grito de prazer. Bella sentiu o liquido quente de Edward jorrar dentro dela. Ele caiu suado e ofegante por cima dela.



–-Eu te amo Bella. – Ele murmurou ajeitando sua cabeça no meio dos seios dela.



–-Eu também Edward. – Ela disse acariciando os cabelos úmidos dele.



Os dois se cobriram com um lençol e ali mesmo dormiram. Edward dormia com a cabeça em cima do seio de Bella a agarrava sua cintura possessivamente pra ela nunca mais sair dali.



A partir de agora seria tudo diferente,porque Bella finalmente havia conquistado o coração gelado do mafioso Antony.



Irmandade Robsten Legacy Visite nossa Galeria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.