quarta-feira, 30 de abril de 2014

Fanfic "Desire And Crime"- Capítulo 18

Autora: Larissa Hale (Nyah / Larissa)
Sinopse: Edward Cullen conhecido como Antonny, é chefe da Cosa Nostra Americana com apenas 28 anos. Homem impiedoso. Não mede esforços para acabar com alguém e conseguir o que quer. É um homem temido por todos,até mesmo pelo amor. Isabella Swan,conhecida como La Belle ou apenas Bella,tem 24 anos e é prostituta do bordel de James. Uma pessoa considerada fria e sem sentimentos. Foi abandonada pelos pais quando tinha 6 anos. Desde daquele dia não acredita mais no amor. Duas vidas que se encontram apenas em uma noite,mas que pode mudar a vida deles para sempre. Apenas um encontro vai entrelaçar suas vidas pela eternidade....
Classificação: +18
Categorias: Saga Crepúsculo
Personagens: Alice Cullen, Angela Weber, Aro Volturi, Bella Swan, Carlisle Cullen, Charlie Swan, Demetri Volturi, Edward Cullen, Emmett Cullen, Esme Cullen, Felix, Heidi, Irina Denali, Jacob Black, James, Jasper Hale, Jessica Stanley, Mike Newton, Renée Dwyer, Renesmee Cullen, Rosalie Hale, Tanya Denali, Victoria
Gêneros: Ação, Drama, Hentai, Romance, Tragédia, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Capítulos :  /  /  /  /  /  / 7º /  /  / 10º / 11º / 12º / 13º / 14º / 15º / 16º / 17º

Capítulo 18

Clima de natal. Era que assim que toda a família Cullen estava,exceto por Antony, é claro. Ele nunca ligou muito para isso. Alice implicava com ele dizendo que ele parecia o Grinch. Pisca-pisca,papai Noel, arvore. Edward não gostava de nada disso. Ele sempre achou que o Papai Noel não existia. Os adultos usavam aquilo para enganar as pobres e patéticas crianças. Até mesmo Bella estava mais animada que ele. Eles iriam celebrar na casa de Esme. Faltava apenas 3 dias para o natal.


Bella já havia conseguido comprar presentes para todos,menos para Edward. Ela não sabia o que dar á ele de presente. Quando ela perguntou á ele o que desejava ganhar,Edward disse que queria ter Ela nua apenas coberta de chantily seria um ótimo presente. Ela havia seriamente pensado nisso. Iria ser bastante interessante,mas ela queria dar á ele algo material,mas ele já tinha tudo. Ela teria que pensar sobre isso o mais rápido possível.



Bella estava em um restaurante com Rosálie e Alice.



–-Eu não sei o que dar de presente para o Antony no natal. – Bella disse desanimada.



–-Eu comprei um lindo terno da D&G para o Jasper. Tenho certeza que ele vai adorar. – Alice bebendo um pouco do seu suco.



–-Eu comprei algemas e um chicote para o Emmett. – Rosálie comentou. Alice e Bella ficaram confusos,mas logo entenderam.



–-Ahhh... – Elas exclamaram.





–-Vocês duas tem sorte de saberem o que dar para seus parceiros. Quando eu perguntei ao Edward o que ele queria de natal,ele me disse que era eu coberta apenas de chantily. – Bella respondeu.



–-Owwwo meu irmão é um pervertido. – Alice disse rindo.



–-Já sei sexo anal. – Rosálie disse tranquilamente enquanto comia sua sobremesa.



–-O que? – Bella a olhou espantada.



–-Sabe,quando o homem introduz o pênis no seu anus. E a fantasia de todos os homens. Eu fiz isso com o Emm no ano passado. Ele adorou.– Rosálie disse.



Bella ficou de olhos arregalados. Emmett era um homem muito forte e alto,imagina o...é.....,enfim. Como Rosálie conseguia andar,ou melhor como ela ainda estava viva?



Quando trabalhava no bordel de James,ela ouviu alguns casos de prostitutas que já haviam feito isso com clientes. Mas ela mesmo não tinha coragem.



–-Eu também fiz com o Jasper. Mas tenho que te dizer que dói pra caralho. – Alice disse fazendo uma careta de dor.



–-Eu nunca fiz isso. Eu não gosto de sentir de dor. – Bella disse negando com a cabeça.



–-Bella só dói na hora da penetração,mas pra facilitar há lubrificantes. Só dói porque nosso anus não tem tanta elasticidade quanto a nossa vagina. Mas depois que a dor some vem só o prazer. – Rosálie disse.



–-Eu vou pensar nisso,mas eu quero dar a ele uma coisa material. – Ela disse.



–-JÁ SEI! Dê a ele uma coleira de diamantes escrito: “Propriedade de Isabella Swan ”. – Alice disse e as meninas riram.



Bella pensou que talvez não fosse má idéia ver Antony com uma coleira com o nome dela escrito. Assim quem sabe as outras vadias não paravam de cerca-lo?



–-Relógios de pulso. Edward adora relógios. – Rosálie sugeriu.



Depois que Bella teve um agradável almoço com as meninas, ela se despediu e pediu ao motorista que levasse direto para a “empresa” de Antony. Queria fazer uma surpresa para ele.



Ela foi até lá. Quando a abriu a porta do escritório dele,ficou com ódio da cena que viu. Edward parecia ler algo atentamente sentado em sua cadeira. Mas o que a deixou com raiva não foi aquilo,mas sim a parte em que viu uma mulher sentada em cima da mesa dele. A mulher massageava suas coxas querendo a atenção de Antony. Mas o próprio nem ao menos prestava atenção. Bella então pigarreou chamando a tenção dos dois.



–-Espero não estar interrompendo nada. – Bella disse com cinismo em seu tom de voz,enquanto encarava Edward e a mulher.



–-Claro que não entre. Heidi essa é a Bella. – Edward disse dando um sorriso para Bella, que o olhou com a cara feia.



Heidi se levantou da mesa e elegantemente desfilou até Bella. Bella reparou que Heidi tinha no Maximo uns 35 anos. Mas sua grande duvida era,quem era essa mulher? E o que ela fazia sentada em cima da mesa de Antony?



–-Olá. – Heidi disse com um sorriso. Mas Bella apenas acenou com a cabeça.



Antony percebeu que uma nuvem negra sobrevoava acima da cabeça de Bella. Ela já não tinha mais aquele brilho amoroso no olhar ou malicioso. Seus olhos chamuscavam fúria. Será que ela estava com ciúmes? Não. Talvez a mente dele estivesse vendo coisas que não eram possíveis.



–-Hei nós terminamos por aqui. Pode ir. – Antony disse e Heidi assentiu saindo do escritório.



Bella continuava em silencio olhando para Edward com a sobrancelha arqueada. Ela espera alguma explicação dele.



–-O que foi? Por que esta me olhando com essa cara? – ele disse se ajeitando em sua cadeira de couro.



–-Quem é aquela tal de Heidi? Vocês fizeram sexo? Ela é melhor que eu? – Bella disparou em um fôlego só.



–-O que? – Edward perguntou rindo.



–-Você é surdo porra? Eu quero saber se aquela mulher cavalga em cima de você melhor que eu! . – Bella diz irritada.



–-Você só pode ter merda na cabeça. Heidi não é a minha amante. Ela é uma ex-amante de Aro e que agora quer vingança. – Edward explicou.



–-O que? Então você não tem nenhuma amante? – Ela disse envergonhada e Edward se levanta e vai até.



–-Não. Você é muito bobinha em pensar que eu te trairia. Sabe, o meu desejo é tirar a sua roupa e te fuder bem aqui em cima dessa mesa. Meu pau esta cheio de saudades sua. – Ele sussurrou no ouvido de Bella, e acariciou o seio dela por cima da blusa.



Bella se arrepiou com aquelas palavras. Adorava quando Edward falava coisas obscenas em seu ouvido. Ela não respondeu. Não tinha condições para retrucar ou negar. Apenas se deixou ser levada por aquelas sensações.





Finalmente 24 de dezembro. Faltava apenas poucas horas para o natal oficialmente. Finalmente Bella havia conseguido comprar o presente de Edward. Foi difícil, e um pouco caro,mas ela enfim conseguiu. Ela também comprou presentes para seus amigos em La Push. Ela não poderia celebrar com eles,mas iria mandar os presentes.



–-Emmett coloca um pouco para a direita. – Bella disse.



–-Emmett estava em cima de uma escada colocando enfeites no topo da arvore de natal. A arvore tinha 2 metros e meio. Idéia de Esme.



–-Pronto? – Ele perguntou.



–-Sim. Obrigado Emmett. – Bella disse dando um sorriso.



Eram 16:00 h da tarde, e Esme estava na cozinha com as empregadas preparando a comida da ceia. De acordo com Esme tudo tinha que estar perfeito. Bella estava adorando todo esse clima natalino. Antony estava enfurnado no escritório com seu pai. Estavam discutindo “coisas”, e Bella não queria se intrometer nesses assuntos. Estava muito mais empolgada em ficar ali.



–-Nossa esta maravilhosa. – Rosálie disse chegando na sala.



–-Emmett me ajudou. – Bella disse, e Emmett bateu em seu próprio peito orgulhoso de si mesmo.



–-EMMETT VENHA ATÉ AQUI. – Esme gritou da cozinha.



–-O dever me chama senhoritas. – Emmett disse saindo.



–-Aonde esta Alice? – Bella perguntou se sentando no sfá.



–-Ela foi até a casa do Jasper. Ela só volta mais tarde. E ai Bella já pensou na minha idéia para agradar ao Edward. – Rosálie perguntou, e Bella corou na hora.



–-Sim. Eu já comprei tudo. Espero que dê tudo certo. – Ela disse torcendo as mãos.



Bella ficou ali conversando com Rosálie ,até que finalmente Edward saiu daquele escritório. Eles então foram para casa.



Bella fez questão de colocar uma pequena arvore de natal na sala de Edward. Ele resmungou,mas Bella nem ligou.



–-O que você conversava tanto com o seu pai? – Bella perguntou se fingindo de desinteressada.



–-Nada de muito importante. – Edward disse preparando seu wisky no mini bar.



–-Mesmo? – Bella perguntou desconfiada estreitando seus olhos.



–-É. Por que? Pensa que eu estava falando com ele sobre minhas amantes? - Edward perguntou rindo.



–-Não sei. – Ela diz dando os ombros.



–-Isabella,Isabella você é bem ciumenta. – Ele disse caminhando até ela.



–-Você e um idiota senhor mafioso. – Ela diz rindo.





Bella colocou uma roupinha de natal em Mitsy também. Edward ria da situação.



Eram 19:00 h quando eles começaram a se arrumar. Bella colocou um vestido vermelho sangue, e sapatos da mesma cor. Edward vestia uma camisabranca,uma calça jeans com a lavagem cinza, e o blazer da mesma cor.



–-Você esta linda. – Edward disse segurando na cintura de Bella, e cheirou o seu pescoço. – E muito cheirosa também. – Ele completou dando uma mordida no local.



–-Obrigado. Mas é melhor nós irmos antes que algo aconteça. – Bella diz se afastando dele rindo.



–-Otimo. É bom que nós voltamos cedo e nos enfiamos naquele quarto e só sairemos depois do ano novo. – Antony disse malicioso, e Bella lhe deu um tapa no ombro.



Bella pegou Mitsy no colo, e os três saíram de casa e foram para garagem. Edward tinha uma enorme garagem lá havia nove carros. Todos blindados.



–-Com qual você quer ir? – Edward perguntou á Bella. Ela ficou pensativa por alguns segundos.



–-BMW. – Ela respondeu.



Eles então entraram na BMW e saíram da mansão. Chegando a casa da família Cullen viram três carros parados. Edward estacionou o seu carro, e saiu e ajudou Bella.



Antony tocou a campainha da casa de sua mãe, e uma das empregadas abriu a porta. Eles entraram e foram em direção a sala de visitas.



–-Boa noite. – Antony disse chamando a atenção de todos ali.



Além dos Cullen,Bella pode ver que haviam mais cinco pessoas diferentes ali,e um bebê no colo da mulher.



–-Olá meus queridos que bom que chegaram. – Esme disse se levantando e indo abraça-los. Bella colocou a gata no chão,que logo se deitou preguiçosamente perto da lareira acesa.



–-Oi Esme. – Bella diz dando um beijo na bochecha da sogra.







–-Bella eu quero lhe apresentar alguns amigos nossos. Esse é o Eleazer Montessori Ele é amigo de Carlisle á anos. – Esme disse apontando para um homem de cabelos pretos. [n/a: nessa fic Tânia não tem nenhum parentesco com o resto da família de Eleazer]



–-Olá. – Eleazer disse pegando na mão de Bella e lhe dando um beijo nas costas da mão dela.



–-Isabella, é a minha mulher Eleazer. – Edward disse duro. Eleazer era um homem muito galanteador.



–-Eu não sabia que havia se casado. – Uma mulher simpática disse.



–-Eles ainda não se casaram. Essa é a Carmem esposa de Eleazer. – Esme disse.



–-Olá. – Bella disse. Ela não deixou de corar com o comentário de Esme sobre o casamento.



–-Olá Bella é um grande prazer em conhece-la. Essas sãos minhas filhas Katie e Irina. Esse é o meu neto Damien. Ele é filho de Katie e Laurent,o marido dela. – Carmem disse.



–-Prazer em conhecer todos vocês. – Bella diz sorrindo educadamente.



Depois dos cumprimentos eles começaram a conversar. Bella havia se dado muito bem com Katie e Irina. Rosálie e Alice estavam enciumadas,e a toda hora tentavam chamar a atenção de Bella.



As 22:00 h Esme mandou servir a ceia de natal. Depois foi a entrega dos presentes. Bella havia dado a Edward um relógio de pulso da marca rolex. Edward ainda fazia suspense quanto ao presente de Bella.

Quando era por volta da meia noite. Eles brindaram á chegada do natal. Antony pediu que Bella o acompanhasse até o escritório do seu pai.



–-Eu quero lhe dar o seu presente. – Ele disse.



–-Não precisa. – Ela disse passando a mão no braço dele.



–-Sim. Precisa. Tome. – Ele disse entregando a ela uma caixinha de veludo azul.



Bella olhou para a caixinha curiosa, e então á abriu. Havia lá uma aliança com pedrinhas de diamantes.



–-Obrigado. É lindo. – Bella disse sorrindo.



–-Deixa eu colocar no seu dedo. Eu ainda não havia lhe dado o anel,então eu achei que hoje seria o momento propicio para isso. – Edward disse colocando o anel no dedo de Bella e depositando um beijo no local.



–-O que somos agora? – Ela perguntou.



–-Tudo que você quiser. Namorados,colegas de cama,companheiros sexuais. Tudo. – Ele disse dando um sorriso torto.



Bella entrelaçou o pescoço de Edward e o beijou. As mãos de Edward apertavam a bunda de Bella coberta pelo vestido. Ela acabou rindo contra a boca dele.



–-Eu tenho um outro presente pra você. Mas só quando chegar em casa. – Ela disse depositando um beijo no pescoço dele.



–-Eu mal posso esperar para chegar em casa. – Ele disse maliciosamente.



Eram 3 da manhã quando Edward e Bella se despediram de todos e seguiram para casa. Antony não estava mais agüentando as provocações de Bella. Durante o jantar ela colocava a mão na coxa dele e fazia movimento circulares ali. Edward ficava arrepiado com os toques, e viam que Bella se divertia com isso. Ela tinha prazer em vê-lo excitado. Isso o deixava frustrado. A vontade dele era erguer o vestido dela até a cintura,rasgar o pequeno pedaço de pano que ela chamava de calçinha, e penetra-la ali mesmo. Para não cometer esse grande deslize na frente de todos preferiu ir logo embora. Ele estava ainda mais ansiosa para saber a tal surpresa dela.



Edward estacionou o carro em frente á casa. Ele saiu do carro e abriu a porta do carona para Bella. Os dois entraram juntos em casa.



–-Será que você pode esperar 25 minutos antes de subir? É que eu vou preparar a surpresa? – Bella perguntou.



–-Ok. Ma seu espero que valha muito a pena. – Ele disse dando um tapa no traseiro dela.



Bella saiu correndo para o quarto. Precisava se vestir apropriadamente para a ocasião. Ela abriu a parte de eu closet e tirou uma caixa de lá. Ela foi pro banheiro tomar um banho rápido. Depois ela vestiu á lingerie. Depois ela começou a arrumar o quarto. Acendeu algumas velas aromatizantes. Torcia para que o quarto não pegasse fogo com isso. Ela então apagou a luz e se deitou/sentou na cama.



Edward viu em seu relógio que já havia se passado os 25 minutos. Ela virou seu ultimo gole de Whisky e subiu as escadas. Quando abriu a porta viu seu quarto sendo iluminado apenas pelas luzes da vela., e Bella deitada/sentada na cama com um sorriso no rosto.



–-Vem. – Ela o chamou com o dedo.



Edward lhe devolveu o sorriso e começou a se despir. Bella se deliciava ao ver aquelas roupas caírem pelo chão. Edward ficou só de boxer e foi até ela. Ele se sentou na ponta da cama, e deslizou seus dedos pelos pés de Bella até chegar em sua canela. Bella mordia os lábios o provocando.



–-Eu tenho uma coisa pra lhe dar. Uma única coisa que ainda me pertence,mas que logo você irá tomar pra si. O único lugar que eu ainda sou virgem. – Bella disse indo engatinhado até ele.



–-E o que é? Pelo que e sei eu já te tomei em vários lugares. – Antony disse passeando com seus lábios pelo rosto dela.



–-É ai que você se engana. Tem um lugar do meu corpo que ainda continua intacto. Antony eu quero que você meta forte no meu rabinho virgem. – Ela sussurrou no ouvido dele, e logo em seguida lhe deu uma mordida.



–-Hum. Vai ser uma delicia comer esse seu rabinho virgem e delicado. – Edward disse dando um aperto no seio de Bella. Em reposta ela acabou gemendo.



–-Você vai é. Mas vai ter que ser bem carinhoso,porque ele ainda é virgem. – Bella disse fazendo uma voz infantil.



–-Eu prometo. Mas primeiro eu vou ter que te deixar molhadinha. – Antony disse tirando sua ultima peça de roupa.



Bella viu o membro duro e ereto de Edward pular pra fora. Ela se perguntava como aquilo tudo iria caber.



Ela estava tão absorta em seus pensamentos que nem viu que já estava sem sutiã, e Edward chupava seu seio com ardor. Ele era muito rápido. Ela apenas fechava os olhos e gemia. Edward a enlouquecia quando puxava os bicos dela com os dentes. Bella já estava em brasas e retirou sua calçinha com desespero. Edward então colocou dois dedos dentro dela.



–-Você agüenta mais um? – Ele disse com a voz rouca.



Ela não esperou ela respondeu, e colocou mais um. Bella deu um grito. Ainda bem que não tinha nenhum empregado na casa aquela hora. Bella cavalgava de um jeito louco sob os dedos de Antony. Ele via o prazer estampado no rosto dela. Quando ele percebeu que ela já estava prestes a gozar,ele a penetrou com o seu membro.



Bella rapidamente passou suas pernas pela cintura de Edward,fazendo ele ir mais fundo. Ela gemia sem controle enquanto arranhava as costas deles com suas unhas.



Edward,ora estocava lentamente e ora com vigor e rapidez. A cama fazia barulho toda a vez que a cabeceira batia na parede. Bella sentiu seu primeiro orgasmo chegar e explodir como uma bomba, e logo em seguida foi a vez de Edward. Ele saiu de dentro dela.



–-Agora vamos fazer a anal. No começo vai ser doloroso,mas eu vou ser bastante delicado,ok? – Ele disse de um modo carinhoso.



–-Ok. Eu confio em você, e sei que você não vai me decepcionar. – Ela respondeu ainda arfante.



O coração de Antony bateu mais forte com essas palavras. Ele pediu para que Bella ficasse de quatro na cama. Ele teve a incrível visão do traseiro empinado de Bella. Ele suspirou fundo tomando a coragem. Já havia feito isso com outras mulheres,mas Bella era delicada e diferente. Pegou um pouco do lubrificante e passou ao redor do anus de Bella. Ela se arrepiou ao sentir os dedos de Edward naquele lugar tão escondido.



–-Tudo bem. Assim que eu começar a te penetrar quero que você massageie o seu clitóris. Isso vai dar mais prazer. – Edward se posiciona atrás dela. Ela assenti com a cabeça.



Antony deposita um beijo na linha da coluna de Bella. Passou lubrificante em toda a extensão de seu pênis. Assim que ele colocou a pontinha,Bella mordeu os lábios. Estava nervosa. Mas precisava se acalmar ou iria doer mais. Edward foi entrando devagar. Bella resmungava alto. Ele parou os instantes e depois voltou a forçar.



Bella sentia que estava se partindo ao meio. Ela então fez o que Edward havia dito, e começou a se estimular. A dor então foi passando, e logo foi sentindo o prazer. Ela instintivamente começou a se mover tentando seguir o ritmo de Edward. Minutos depois ela começou a se acostumar, e o dois gozaram juntos. Eles caíram desfalecidos na cama.



–-Você me cansou. – Bella disse ofegante se aconchegando devagar em Edward.



–-Mas agora é melhor você dormir. Já são 5 da manhã. – Diz ele dando um beijo na testa dela.



–-Obrigado Antony. Eu te amo. – Bella diz deitando a cabeça no peito dele.



–-Eu te amo. – Ele disse.



Logo os dois dormiram. Estavam esgotados. Aquela madrugada havia sido muito interessante e especial para ambos.

Irmandade Robsten Legacy Visite nossa Galeria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.