sexta-feira, 2 de maio de 2014

Fanfic "Desire And Crime"- Capítulo 19



Autora: Larissa Hale (Nyah / Larissa)
Sinopse: Edward Cullen conhecido como Antonny, é chefe da Cosa Nostra Americana com apenas 28 anos. Homem impiedoso. Não mede esforços para acabar com alguém e conseguir o que quer. É um homem temido por todos,até mesmo pelo amor. Isabella Swan,conhecida como La Belle ou apenas Bella,tem 24 anos e é prostituta do bordel de James. Uma pessoa considerada fria e sem sentimentos. Foi abandonada pelos pais quando tinha 6 anos. Desde daquele dia não acredita mais no amor. Duas vidas que se encontram apenas em uma noite,mas que pode mudar a vida deles para sempre. Apenas um encontro vai entrelaçar suas vidas pela eternidade....
Classificação: +18
Categorias: Saga Crepúsculo
Personagens: Alice Cullen, Angela Weber, Aro Volturi, Bella Swan, Carlisle Cullen, Charlie Swan, Demetri Volturi, Edward Cullen, Emmett Cullen, Esme Cullen, Felix, Heidi, Irina Denali, Jacob Black, James, Jasper Hale, Jessica Stanley, Mike Newton, Renée Dwyer, Renesmee Cullen, Rosalie Hale, Tanya Denali, Victoria
Gêneros: Ação, Drama, Hentai, Romance, Tragédia, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Capítulos :  /  /  /  /  /  / 7º /  /  / 10º / 11º / 12º / 13º / 14º / 15º / 16º / 17º / 18º

Capítulo 19

Bella se levantou da cama na manhã do dia 26 sozinha. Ela procurou Edward pelo quarto,mas não o achou. Aonde é que ele estaria? Ela ainda estava um pouco dolorida,já que na noite passada havia passando repetindo a dose da madrugada de natal. Ela se sentiu extremamente frustrado ao acordar e não ver Edward ao seu lado. Ela se levantou da cama e foi banheiro tomar um banho.


Depois do seu banho revigorante,se
vestiu e saiu a procura de Edward. Ela o procurou pelo andar de baixo inteiro todinho,mas não o achou. Ele havia evaporado.



–-Sue ,você viu o Antony? Eu o procurei pela casa inteira,mas não o achei. – Bella disse pegando um uva e colocando na boca.



–-Ele deve estar tocando piano. – Sue respondeu.



–-Ele toca piano? Eu não sabia. – Bella disse surpresa.



–-Bem, o menino fica em sua sala de musica tocando seu piano. Fica na parte de trás da casa. – Sue respondeu.



Bella terminou de tomar seu café, e foi até a procura de Edward. Ela seguiu pelo caminho que Sue havia lhe dito, e acabou achando a tal sala. Ela entrou e viu Antony sentado de costas para ela. Ele estava tão concentrado na melodia que tocava que nem havia visto ela ali. Ele tocava as teclas do piano com vigor.



–-Eu sei que você esta ai Bella. – Ele disse terminando de tocar suas ultimas notas.



–-Como sabia que eu estava aqui? Você estava tão concentrado no que fazia. – Bella caminhou até ele.



–-Eu consigo ouvir Bella. Minha audição é bastante sensível. Consigo ouvir tudo. É um instinto de sobrevivência. – Edward respondeu soltando um riso pelo nariz, e fechando a tampa do piano.



–-Eu não sabia que você tocava piano. – Ela comentou se sentando ao lado de Antony.



–-Minha mãe tocava pra mim. Eu me lembro. Na época eu tinha 2 ou 3 anos,mas eu ainda lembro da melodia. – Edward disse fechando os olhos como se estivesse lembrando.



–-Você toca muito bem. – Ela o elogiou.



–-Você se sente bem? Ainda consegue andar depois do que fizemos ontem? – Ele disse com um ar de malicia. Bella sabia do que ele se referia.



–-Mais eu menos. Ainda sinto um pequeno desconforto,mas vai passar. Então como é a sensação de ser tio? – Bella disse mudando de assunto e Edward fez uma careta.



Rosálie havia revelado sua gravidez na noite de natal. Ninguém esperava que a reação de Emmett fosse aquela. Ele havia ficado paralisado, e desmaiou na frente de todos. Alguns ficaram surpresos,mas Jasper e Edward deram um ataque de risos. Rosálie foi até a cozinha e pegou um copo de água, e jogou no rosto de Emmett. Agora Antony teria motivo para irrita-lo durante o resto da vida.



–-Bem, eu não sei. Não consigo imaginar uma criança me chamando de “tio”. – Ele fez uma careta e Bella riu.



–-Ok tio Edward. – Bella zombou e Edward gemeu.



–-Você me chamando de tio é muito excitante. – Ele disse, e Bella o olhou com um olhar travesso.



–-Serio tio Edward? Você esta bastante duro. – Bella sussurrou no ouvido dele apertando seu membro coberto pela calça.



–-Você acha? Por que será? – Ele perguntou meio irônico.



–-Deixa que eu resolvo isso. – Bella disse dando um selinho nele.



Bella se levantou e se ajoelhou em frente a Antony,que ainda permanecia sentado. Bella abriu a calça de Edward em um desespero só. Ela retirou a boxer dele junto. O membro dele pulou pra fora. A boca dela salivou. Ela então o abocanhou com tudo enquanto segurava na base. Edward rugiu feito um leão. Bella olhou pra ele e sorriu. Os olhos dele transbordava desejo. Em sua cabeça não se passava mais nada,apenas na boca maravilhosa de Bella trabalhando em seu pau.



Bella ora sugava,raspava os dentes,o masturbava com as mãos. Ela simplesmente adorava o deixar maluco.



–-Isso..Ahhhh...Bella sua boca é perfeita. – Antony gemia.



Edward segurou os cabelos de Bella fazendo um rabo de cavalo. Ele afundava mais a boca dela contra o seu pênis. Bella as vezes quase engasgava. Ela continuou com sua brincadeira até que sentiu o gozo quente de Edward ser jorrado direto em sua garganta. Ele bebeu tudo,e não deixou nenhuma gota. Ela levantou sua cabeça e mirou o rosto de Edward. Ele estava meio ofegante, e com um sorriso satisfeito.



–-Espero ser retribuída. – Ela disse limpando o canto de sua boca em um gesto extremamente sensual.



–-Com todo o prazer. A noite minha querida, eu vou fazer você gozar até você não ter forças para se levantar. – Ele disse, e Bella riu jogando a cabeça pra trás.



–-Que bom. Eu vou cobrar. – Ela disse dando um beijo fervoroso nele.





França.....



Ilha de Basse-Terre, na frança. Uma das duas maiores ilhas ocidentais de Guadalupe. Com seu típico clima tropical, e sua população de 197.000 habitantes. Esse era o lugar preferido de Aro Volturi para passar a época das festividades do ano. Para ele um lugar tranqüilo aonde poderia pensar na morte de Antony, e ainda se divertir com as belas mulheres francesas. Aro havia sido ensinado a odiar os Cullen. Haviam contas a ser acertadas com eles, e era Aro a pessoa destinada a fazer isso.



Toda essa rivalidade começou em 1955. Os lideres da Cosa Nostra americana era Antony Cullen, e Antonio Volturi. As coisas eram simples naquela época. Até o avô de Aro trair os Cullen. Entregou todo o esquema de drogas para a CIA. Felizmente Antony não havia sido pego por pouco. A partir daí tudo começou. Antony jurou acabar com o clã dos Volturi inteiro. Antony morreu em 1983. Agora restava aos herdeiros de cada máfia acabar com tudo isso. Era questão de honra para as duas facções.



Aro estava aproveitando o clima da ilha. Ele estava cercado por varias mulheres semi-nuas. Ele era um homem bonito e tinha seu charme. Mulher nenhuma conseguia resistir ao seu encantos.



–-Aro. – Marcus o chamou. Aro tirou seus óculos escuros, e o olhou entediado.



–-O que foi dessa vez? – Ele disse suspirando desinteressado.



–-Encontramos algumas coisas sobre a prostituta da Isabella. – Marcus disse entregando uma pasta preta á Aro.



–-Ex-prostituta. Não se esqueça que Antony a tomou como mulher. – Aro o corrigiu com um tom de escárnio.



Aro começou a ler as informações que haviam na pasta. Começou a se interessar. Isabella havia sido deixada em um orfanato aos 6 anos,não haviam muitas coisas sobre seus pais. Mas algumas fotos começaram a o interessar. Eram fotos de Bella entrando em um Starbucks, e conversando com uma mulher. Aquela era a mãe de Bella, e com certeza aquela mulher seria útil.



–-Uhum. É por isso que eu gosto da sua eficiência meu caro Marcus. E é por isso que eu não arranco seu pescoçinho. Continue sendo assim e ganhara muito. Agora escolha uma dessas belíssimas mulheres e se divirta. – Aro diz dando um sorriso.



Quem o olhasse teria a ilusão de que ele era uma pessoa boa, e nobre. Mas quem o conhecesse viria um lobo disfarçado de um cordeiro,ou um demônio disfarçado de anjo.









1 semana depois....



O ano velho já havia ido embora, e com ele a chegada de 2012. Mas um ano. Mas agora seria um ano diferente para duas pessoas em especial. Edward e Bella. Duas almas amarguradas que acabaram se encontrando. No começo era apenas dinheiro em troca de prazer,mas aos poucos foram descobrindo algo que até então era desconhecido por ambas as partes. O amor.



Hoje era o dia em que as meninas iriam provar e escolher os vestidos para o casamento de Alice. A noiva queria que seu vestido fosse de uma grife famosa. Então havia escolhido Donna Karan. Elas haviam passado em algumas lojas de noiva no shopping. Faltavam apenas 4 meses para o casamento.



Após experimentarem a diversos vestidos, as meninas,sendo acompanhadas por armários vestidos de pretos – seguranças – elas foram entraram em algumas lojas comprar roupas. Até mesmo Bella acabou usando o cartão platinum que Edward havia dado á ela. Ela fez questão de passar na loja da Victoria’s Secrets e comprou varias camisolas,lingeries de renda, e pijamas curtos. Antony iria enlouquecer com aquilo tudo.



Após fazerem as compras foram para a praça de alimentação. Rosálie se queixava que seu bebê já estava ficando com fome, e Bella reclamou que seu pés já estavam doendo. Alice parecia que tinha pilhas Durassel recarregáveis. Ela nunca se cansava.



As 15:00 h,Bella finalmente chegou em casa depois de um dia exaustivo de compras. Ainda mais junto com Alice. Assim que entrou no quarto, ela se jogou na cama e pegou no sono.



–-Bella acorda. – Ela parecia escutar uma voz bem distante chamar seu nome. Ela nem ligou muito.



–-Anda Isabella acorda logo. Você morreu por um acaso? – Ela escutou a mesma voz dizer,só que agora com um pouco mais de irritação. Alguém então puxou seu cobertor, e ela grunhiu.



–-Porra Antony esta frio. – Ela disse despertando irritada.



–-Você não acordava,pensei que já estava morta. Já são 20:00 h. Vim te chamar para o jantar. – Antony disse se sentando na cama.



–-Se eu estivesse morta não estaria respirando. Eu só estou cansada. Sua irmã me fez andar pelo shopping inteiro. Por que você não me deixa dormir? – Ela disse emburrada. Bella ficava uma fera quando algo ou no caso alguém perturbava seu sono.



–-Ah qual é! Deixe de fricote mulher. Você precisa comer. Se não daqui a pouca vai virar uma daquelas mulheres anoréxicas nada gostosas. – Edward desferiu um tapa na bunda de Bella.



–-Ok. Então me dê 5 minutos. Preciso ir ao banheiro. – Bella se levantou sem vontade e foi pro banheiro.



5 minutos passados e ela já estava totalmente desperta, e então desceu para o jantar.



Bella não estava com fome,por isso colocou apenas uma pequena porção de comida em seu prato. Edward notava que Bella não estava comendo muito. Sempre com essa falta de apetite. Ele já estava começando a se preocupar. Há 3 dias atrás,por exemplo,ele havia encontrado Bella caída no chão do banheiro desmaiada. Se ela continuasse desse jeito,Edward seria obrigado a leve-la ao hospital.





–-O que foi? – Ele foi interrompido pela voz de Bella. Ele ainda não havia se tocado que a encarava fixamente.



–-Não é nada. – Ele disse dando um sorriso forçado.



–-Você sabe que eu não gosto que fique me observando enquanto eu como. – Bela disse bufando.



–-Perdão. Prometo não fazer novamente. – Ele disse com a expressão seria.



Bella ficou confusa com o comportamento de Edward. Ele havia ficado serio de repente. Ele normalmente fazia um comentário malicioso durante o jantar. Mas não. Ele terminou seu jantar silenciosamente.



Depois que os dois terminaram,Sue tirou a mesa. Edward e Bella foram para a sala. Estava passando na TV o filme A Troca,com Angelina Jolie. Bella estava concentrada no filme. Edward apenas bufava tentando chamar a atenção. Bella não prestava atenção nas atitudes de Edward em chamar a sua atenção, e isso o deixava ainda mais emburrado.



–-Angelina Jolie é gostosa. – Ele disse fazendo uma ultima tentativa.



–-O que? – Bella disse olhando pra ele com a sobrancelha arqueada.



–-Esse filme é chato. Porque nós não vamos lá pro quarto. Temos mais coisas interessantes pra se fazer. – Ele sussurrou no ouvido dela,enquanto alisava a barriga lisa de Bella por debaixo da blusa.



–-Fica quieto. Esse filme é legal. – Ela deu um tapa na mão ousada dele, e voltou sua atenção para a televisão.



Edward continuava deitado naquele sofá,completamente entediado. Por quê Bella simplesmente não cedia? A cama estava lá no quarto a espera dos dois. Aquele era um filme bobo na opinião dele. Ele não conseguia entender qual era o interesse de Bella ao ver aquilo.



Assim que o filme acabou,Edward suspirou aliviado. Até que enfim aquilo havia acabado. Ele se sentou na sofá e se alongou. Seus ossos estalaram com esse movimento. Estava muito tempo deitado na mesma posição. Ele ia se levantar quando escutou Bella fungar. Ela estava chorando por causa de um simples filme?



–-Você esta chorando? – Ele perguntou incrédulo.



–-Eu posso imaginar o quanto ela sofre. Ela passou por tanta coisa. Foi taxada como louca. E no final não encontrou o filho. Isso é muito triste. – Bella disse com a voz embargada e limpou as lagrimas com a mão.



–-Ah querida. Coisas terríveis acontecem em toda a parte do mundo. Vamos lá pra cima. – Edward disse passando seus braços pelo ombro dela.



Antony desligou a TV, e subiu com Bella para o quarto. Bella havia finalmente parado de chorar. Ele havia ficado confuso naquele momento. Bella estava chorando por causa de um filme. Amanhã mesmo iria ligar para sua mãe e depois leva-la ao medico.







No dia seguinte,Antony ligou para sua mãe. Ele perguntou algumas coisas á ela. Principalmente,como ela havia descoberto que estava grávida de Rosálie, e Alice. Esme disse os sintomas. Bem, os únicos sintomas que Bella tinha era tontura e sono excessivo. Ele então resolveu leva-la ao medico.



–-Eu ainda não sei o por quê de eu estar aqui com você,indo a um hospital. – Bella disse cruzando os braços, e bufando.



–-Você tem se sentindo mau ultimamente. Não quero que você esteja com alguma doença e,sei lá,acabe morrendo. – Edward disse com o seu tom gélido de sempre. Ele se mantinha seu rosto serio, e a atenção na estrada.



–-Meu deus Edward,eu não vou morrer. Você pensa que eu estou grávida,não é?! – Ela exclamou.



–-Eu não sei Isabella. É por isso que estamos indo ao medico. – Ele disse se alterando.



Bella então se calou. Tinha certeza que não estava grávida. Mas Edward parecia não se convencer nisso. Ele parou em frente ao Seattle Grace Hospital. Ele então falou com a recepcionista, e ela pediu educadamente que eles aguardassem.



–-Isabella Swan! – A enfermeira gritou.



Edward e Bella se levantaram, e seguiram a mulher até a sala do doutor.



–-Boa tarde. – Um senhor disse assim que os dois entraram no consultório.



–-Boa tarde. – Os dois disseram.





Eles se sentaram. O medico começou a afazer perguntas de rotina. Antony afirmou ao medico que Bella estava grávida, a mesma revirou os olhos diante aquele absurdo. O medico então pediu que Bella passasse no laboratório do hospital, e fizesse um exame de sangue. O resultado sairia em uma hora. Então saíram para comer alguma coisa,já que Bella estava em jejum. Em uma hora eles voltaram novamente.



–-O resultado esta aqui Isabella. Você não esta grávida,isso eu posso afirmar. Você fez o hemograma para sabermos o que você tem. Você esta com anemia. Não esta em um estagio muito grave. Você esta com a anemia,que nós médicos chamamos de Anemia Ferropriva. – O doutor disse.



–-E que tipo de anemia é essa doutor? – Edward perguntou.



–-Esse é o tipo de anemia mais comuns em pacientes. É causado pela deficiência de ferro,ou seja,você anda tendo uma dieta pobre em ferro. Por isso esses sintomas. O tratamento é bem simples. Coma alimentos ricos em ferro. Dentre eles estão a carne vermelha,saladas,carne branca. – O medico disse, e Bella assentiu.



Depois da consulta, eles foram pra casa em completo silencio.



–-Eu te disse que não estava grávida. – Bella disse largando a bolsa no sofá.



–-Tiramos a duvida. Eu só estava preocupado com você. – Ele disse se sentando ao lado dela.



–-Você é muito atencioso Senhor Cullen. – Bella disse mordendo o lábio.



–-Eu sei. E por isso eu mereço uma recompensa por ser atencioso. – Edward disse malicioso.



–-Eu que você tem razão. Vem comigo que eu te mostro o quão agradecida eu estou por você esta preocupado comigo. – Bella disse se levantando e indo correndo escada acima.



Edward tirou sua gravata ali mesmo na sala, e correu para o quarto. Esses dois não perdiam tempo.




Irmandade Robsten Legacy Visite nossa Galeria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.