terça-feira, 6 de maio de 2014

Fanfic "Desire And Crime"- Capítulo 21

Autora: Larissa Hale (Nyah / Larissa)
Sinopse: Edward Cullen conhecido como Antonny, é chefe da Cosa Nostra Americana com apenas 28 anos. Homem impiedoso. Não mede esforços para acabar com alguém e conseguir o que quer. É um homem temido por todos,até mesmo pelo amor. Isabella Swan,conhecida como La Belle ou apenas Bella,tem 24 anos e é prostituta do bordel de James. Uma pessoa considerada fria e sem sentimentos. Foi abandonada pelos pais quando tinha 6 anos. Desde daquele dia não acredita mais no amor. Duas vidas que se encontram apenas em uma noite,mas que pode mudar a vida deles para sempre. Apenas um encontro vai entrelaçar suas vidas pela eternidade....
Classificação: +18
Categorias: Saga Crepúsculo
Personagens: Alice Cullen, Angela Weber, Aro Volturi, Bella Swan, Carlisle Cullen, Charlie Swan, Demetri Volturi, Edward Cullen, Emmett Cullen, Esme Cullen, Felix, Heidi, Irina Denali, Jacob Black, James, Jasper Hale, Jessica Stanley, Mike Newton, Renée Dwyer, Renesmee Cullen, Rosalie Hale, Tanya Denali, Victoria
Gêneros: Ação, Drama, Hentai, Romance, Tragédia, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Capítulos :  /  /  /  /  /  / 7º /  /  / 10º / 11º / 12º / 13º / 14º / 15º / 16º /17º / 18º/19º / 20º

Capítulo 21

Edward acordou pela manhã,duro e excitado. Havia completado um dia e meio desde que Bella havia feito aquela maldita greve. Ele até agora não entendia o motivo. Ela havia respondido que havia sido por causa do comportamento dele. Ele admitia que havia se acedido um pouco,mas era para o bem dela. Na opinião dele,ela não estava vestido, e sim nua. Bem, agora ele teria que se cuidar sozinho, e pra piorar o seu estado Bella ainda o provocava.


Edward havia acordado as 8 da manhã depois de uma noite muito mal dormida. Pra piorar a história Bella dormia sem roupa ao seu lado.



–-Hum... Bom dia. – Bella disse se espreguiçando na cama.



Quando ela levantou os braços, acabou revelando seus seios. Antony ficou um tempo olhando aquela cena como se estivesse hipnotizado. Queria poder colocar suas mãos naquele delicioso lugar, e com certeza outras coisas em certos lugares. Bella era uma provocadorazinha do caralho.



–-Bom dia só se for pra você. – Ele resmungou se levantando da cama.



–-Oh mau humor matinal? Você fica apenas um dia sem sexo, e já fica desse jeito? – Bella debochou. Ela se levantou da cama sem pudor de sua nudez.





–-Um dia e meio. É tudo culpa sua. Por quê você não deita nessa cama e deixa eu fazer o trabalho todo? – Ele questionou e Bella fechou a cara.



–-Você é um idiota. Se você continuar desse jeito,você vai ter que se aliviar sozinho por muito,muito tempo. – Bella o ameaçou seguindo para o banheiro.



Antony teve que confessar que nesse momento ficou assustado. Bella conseguia ser má quando queria. Ele olhou para o seu amiguinho lá embaixo,coberto pela boxer. Estava ereto e duro feito pedra. Pior que ele não recebia nenhum tipo de carinho. Nem mesmo um beijinho.



Depois que Isabella saiu do banho,foi a vez de Edward. Bella não podia negar que sentia falta do sexo, dos beijos quentes de Edward, de suas caricias. Era difícil dormir com aquele homem extremamente gostoso e não poder toca-lo. Mas ele merecia um pequeno castigo.



20 minutos depois,Edward saiu do banho com uma toalha da cintura e cabelos molhados. Estava sexy. Bella fingiu não se importar com aquela visão dos deuses. Mas ela estava extremamente molhada agora. Ela o olhou indiferente e continuou a escovar seus cabelos.



–-Vai almoçar casa? – Ela perguntou se fingindo desinteresse.



–-Eu acho que não. Tenho muito trabalho a fazer. – Antony disse indo até o closet.



–-Você sempre tem trabalho a fazer. – Ela disse alto e revirando os olhos.



–-E o que você vai fazer hoje? – Edward perguntou voltando para o quarto,já com uma cueca vermelha.



Bella hiper ventilou . Deus aquilo era tortura demais para um pobre ser como ela. Ela o olhou de cima a baixo, e voltou a sua postura durona.



–-Nada. talvez eu vá me encontrar com a minha amiga Ângela,ou ficar aqui nessa cama quentinha. – Bella disse manhosa, se deitando na cama.



–-Você adora me provocar não é? – Ele disse e ela riu.



–-Oh querido eu fico muito excitada. – Ela se levantou da cama, e tirou a toalha e caminhou até ele.



–-Você é uma diaba Bella. – Ele deu um sorriso torto olhando para o corpo dela.



–-Olha só como eu estou molhada por ver você assim. – Bella pegou a mão de Edward, e a colocou em sua intimidade.



Edward ao tocar aquela ponto sensível e muito molhado,acabou gemendo. Ela estava encharcada. Ele não agüentou ficar com a mão parada ali sem fazer dada. Bella soltou um gritinho de surpresa ao sentir o dedo de Edward deslizar pra dentro de si. Edward era maravilhoso em todos os sentidos. Ele exalava masculinidade e sensualidade. Ele então colocou mas um dedo, e ela jogou a cabeça pra trás.



–-Paraaa. – Bella tentava não gemer,mas era muito difícil.



–-Você quer eu pare? – Edward perguntou com um sorriso malicioso no rosto. Ele então colocou mais um dedo.



–-Oh deus. – Bella ofegou.



Edward continuava a estimula-la. Ele adorava ver Bella assim tão entregue á ele. Bella gemia e rebolava sob os dedos dele. Ele as vezes massageava seu membro também. Ele ficou minutos ali,até que Bella gozou.



–-Você vai precisar ir tomar um banho frio. – Ele disse rindo.



–-Eu odeio você Edward Cullen. Você é o único que consegue me fazer gozar só com os dedos. – Bella disse ofegante.



Antony então foi terminar de se vestir,enquanto Bella foi tomar o banho frio. Ela precisava se recuperar. Depois ele desceram juntos para tomarem café, e depois Edward saiu.



Hoje, era o dia em que ele iria conversar com o tal de John Thompson. Se o cara estava oferecendo 25 milhões de dólares, era porque a coisa era muito seria. Aquele era o típico dia em que Edward estava irritado como um cão. Estava sem sexo á 1 dia e meio. Bella adorava fazer charminho. Ele só esperava que hoje só não fosse um daqueles dias em que receberia noticias ruins.



–-Ei cara... Wow o que houve com você Antony? – Emmett perguntou.



–-Como assim o que houve comigo? – Edward indagou azedo.



–-Bella te deixou sem sexo? – Emmett perguntou rindo.



–-Isso não é da sua conta. – Edward sibilou voltando a encarar algo em seu computador.



–-O que foi que você fez dessa vez? – Emmett se sentou e o olhou divertido.



–-é porque eu a tirei da piscina a força. Ela estava na espreguiçadeira com aquele traseiro pra cima. – “que belo traseiro” ele completou em pensamento. Emmett caiu na gargalhada.



–-Cara,você tem que aprender mais sobre as mulheres. Agora por isso o “Edzão” vai ficar sem trabalhar. – Emmett disse, e Antony o encarou com uma expressão suicida no rosto.



–-Emmett você não tem nada o que fazer,não? – Edward disse irritado.



–-Não esta mais aqui quem falou. – Emmett levantou os braços em sinal de rendição.











Depois que Antony havia saído,Bella ficou ali sozinha e entediada. Pensou em ligar para suas cunhadas,mas logo desistiu. Com certeza elas estariam ocupadas. Ainda mais Alice,que tinha o seu casamento para organizar. Bella pegou seu celular e resolveu ligar para Ângela. Fazia muito tempo que elas não se viam. Na verdade desde o enterro de Jessica. Se falavam as vezes pelo telefone. Bella ligou pra lá e marcaram de se encontrar após o almoço.



Após o almoço,Bella subiu para o quarto. Ela ia se arrumar para encontrar-se com Ângela. Bella tomou um banho, e se vestiu. Antes de sair,Bella avisou a Sue que não demorava a voltar. Bella saiu da mansão sendo acompanhada por dois enormes seguranças. Elas marcaram para se encontrar em um parque ali perto. Quando Bella chegou avistou Ângela lá sentada.



–- Ângela! – Bella a chamou.



Bella olhou para Ângela surpresa. Ela estava diferente. Suas feições estavam diferentes. Ângela não era mais a mesma de antes. Ainda mais pela enorme barriga de 6 meses.



–-Bella! Oi amiga. – Ângela a abraçou.



–-Uau. Você esta grávida. – Bella se soltou do abraço e encarou a barriga dela.



–- É. Um menino. O nome é Benjamin. Foi Erick que escolheu. – Ângela disse voltando a se sentar.



–-Vocês se casaram?



–-Não. Eu e Erick não queremos nos casar agora. Estamos apenas curtindo o bebê. E você como esta? Li no jornal que você e Edward Cullen estão juntos. – Ângela disse e Bella corou.



–-É. Nós estamos juntos.



–-E aquelas são seguranças. Espere,você agora tem seguranças? – Ângela disse com os olhos arregalados.



–-Sim. Lembra-se de Aro Volturi. Ele matou Jessica, e agora esta atrás de mim. Antony então decidiu colocar seguranças atrás de mim. – Bella bufou.



–-E ele tem razão. Aro Volturi é um homem muito poderoso. Mas com certeza não mais que Edward.



–-Me conte o que você fez nesse tempo todo. – Bella disse querendo mudar de assunto.











Enquanto isso....



–-Antony,John esta aqui. – Jasper o avisou.



–-Mande ele entrar. – Edward disse com uma cara de descaso. Jasper saiu e em segundos depois ele retornou novamente com John em seu encalço.



–-Boa tarde senhor Cullen. – O homem disse com a voz um pouco tremula.



Edward deu um pequeno sorriso. John estava com medo, e Edward adorava isso. Gostava quando as pessoas o temia. Desse jeito se sentia poderoso e respeitado. Esse cara exalava medo. Edward fez um sinal para que ele pudesse se sentar, e assim o homem o fez.



–-Então senhor Thompson, o que eu posso fazer pelo senhor? – Edward disse cruzando os braços.



–-Estou sendo ameaçado senhor Cullen. Minha filha, ela é usuária de drogas. Eu e minha mulher descobrimos a alguns meses. Internamos ela em uma das melhores clinicas. Ela parou,mas ainda continuamos a ser ameaçados. Precisamos sair do país. – O homem disse aflito.



–-Como o senhor me encontrou? Porque eu sei que meus serviços não estão em um anuncio de jornal. Alias por quê o senhor acha que eu tenho dever de tira-lo do país? – Antony indagou, o homem suou frio.





–-Senhor Cullen, eu lhe ofereço 25 milhões de dólares,para que o senhor tire minha família e eu do país em segurança. Eu temo pela vida da minha mulher e dos meus filhos. – John estava totalmente desesperado. Quando descobriu sobre Antony Cullen e o serviços, viu ali sua ultima chance de sobreviver.



–-25 milhões? Então o senhor realmente preza a sua família. Suponha que talvez eu queria ajuda-lo. Pra onde iria?



–-Pra Estocolmo,na Suécia. Minha mulher tem alguns familiares lá. O senhor vai mesmo me ajudar? – John perguntou esperançoso. Edward suspirou. Seria muito dinheiro a se perder.



–-Olhe senhor Thompson por 25 milhões eu mesmo o levaria para a Suécia. Eu também tenho família, e também prezo pela vida deles, e digamos que eu tenha uma velha rixa com os Volturi. Fale com Jasper, e entregue o dinheiro. Eu só aceito dinheiro vivo. Nada de cheques. Agora por favor saia. – Edward disse. o homem saiu dali agradecido e saiu do escritório.



Edward recostou-se em sua cadeira e fechou os olhos. Mas uma vez Aro. Quando isso iria enfim terminar? Aro já estava lhe enchendo a paciência. A cada passo que Edward dava em direção de Aro Volturi, ele simplesmente sumia do mapa. Edward já estava cansado. Parecia que Aro estava brincando com ele. Mas de uma coisa Antony jurava a si mesmo, que não iria parar até encontra-lo e mata-lo.



Depois que John foi embora, Edward voltou a trabalhar. Precisava ficar de olho em seus negócios. Uma coisa que ele detestava era perder dinheiro.



–-Chefe,temos um pequeno problema. – Emmett disse abrindo a porta do escritório de Edward,como sempre sem bater.



–-Ótimo. Diga o que é agora. – Antony resmungou.



–-Temos um pequeno problema da Vision. Tem uns caras lá que estão atrapalhando o funcionamento da boate. Riley me ligou. Disse que os caras estão colocando terror lá. – Emmett disse e Edward trincou os dentes.



Vision era a boate que Antony tinha em Chicago,Illinóis. Na boate havia dançarinas,bebidas e vendas de drogas. Edward só não permitia prostituição. Por isso tinha alguém de sua confiança lá cuidando disso, e ele sempre estava de olho. Porque parecia que Riley não estava mais dando conta das coisas por lá. Edward só aparecia por lá quando havia algo de extrema urgência. A Cosa Nostra americana domina as áreas de Chicago,Detroit,New Orleans,Cleveland,Milwaukee,Buffalo, e Philadelphia.



–-Certo. No fim de semana iremos resolver isso. Devem ser apenas moleques querendo serem bandidos. Iniciantes.



Emmett então saiu, o deixando sozinho novamente. Mas ele sabia que não iria tardar para alguém bater naquela porta. O I-Phone de Antony começou a tocar,na tela apareceu uma foto de Bella apenas de lingerie. Aquele poderia ser o papel de parede de seu celular. Alem daquilo,Edward tinha mais alguns conteúdos impróprios de Bella em seu celular.



–-Oi amor. – Ele disse ao atender.



–-O-Oi A-Antony. – Bella gemeu e Edward estranhou.



–-Você esta gemendo? O que houve? – Ele perguntou preocupado.



–-Eu não estou bem. Eu sinto sua falta. Essa cama esta tão vazia sem você. – Bella disse manhosa, e Edward fechou seus olhos.



–-Eu acho que você quer me matar de tesão, não é? – Ele disse com os dentes trincados.



–-É serio Antony. Eu estou aqui deitada nessa cama enorme,imaginando você me fazendo gemer feito uma louca. – Bella disse sensualmente.



–-Por favor não provoca Bella. Ainda são 18:00 h da tarde. Se você não quer que eu vá até ai e te arrombe, é melhor você parar de falar. – Ele rosnou, e Bella riu.





–-Vem pra casa. Eu já cansei dessa maldita greve. Vem pra cá, e me fode gostoso. Do jeito que só você sabe fazer. – Bella disse manhosa.



–-Estou chegando em 20 minutos.



Antony não estava mais agüentando. A ligação de Bella havia sido a gota d’agua. Ela ainda por cima esta gemendo. Isso era golpe baixo para o um ser humano como ele. Graças ao bom Deus que aquela maldita greve estava á ponto de terminar.



Edward saiu do prédio quase correndo. Dirigiu seu carro em alta velocidade. Ele chegou na sala de sua casa,já tirando suas meias e seus sapatos, e o paletó. Subiu as escadas em uma velocidade até sobre humana podemos dizer. Quando abriu a porta de seu quarto,encontrou Bella deitada na cama apenas com uma de suas camisas sociais. E com apenas 5 botões da camisa abotoados.



–-Você chegou bem rápido. – Ela se virou de bruços e o encarou.



Edward já começou a desfivelar seu cinto,tirou a gravata, e calça. Ele ficou só com a camisa e a cueca.



Bella se levantou da cama, e retirou a blusa e a jogou no chão. Ela ficou completamente nua. Edward passou o dedo em seu próprio lábio. Ele a mediu de cima a baixo.



–-Você me deixa excitado. – Ele disse alisando a lateral dos seios dela.



–-Você passa 1 dia e meio sem sexo, e já fica assim irritadiço? – Bella disse rindo, desabotoando botão por botão da camisa dele, sem pressa alguma.



–-Você é muito gostosa, e ficava me provocando. Além do mais já estava cansado de usar minhas próprias mãos. – Ele disse fazendo uma careta.



Bella colocou seu corpo no dele, e ficou na ponta dos pés para alcançar seus lábios. Antony segurou fortemente a cintura de Bella. Ela sabia que no dia seguinte lá estaria a marca,mas não se importou e começou a brincar com o elástico da cueca dele.



–-Você quer tira-la? – Ele perguntou dando um sorriso malicioso. Em reposta Bella mordeu o lábio.



–-Sim eu quero. Isso esta me incomodando. – Bella distribuía beijos pelo tórax dele.



Bella fez uma trilha de beijos passando pela sua barriga esculpida por deuses,indo até o seu umbigo. Bella parou seus beijos até que chegou na cueca dele. Ela olhou pra cima e mirou o rosto dele. Edward já estava respirando com dificuldades.



Bella colocou os dedos na lateral da cueca dele e a retirou. Seu membro estava ereto, e já estava brilhando. Ela o acariciou sua base com as pontas de seus dedos,inocentemente. Quando ela ia masturba-lo,Edward segurou os dois pulsos dela, e a impedindo de continuar.



–-Hoje eu não quero preliminares. Quero me enterrar logo dentro de você. – Ele disse com a voz rouca.



Edward fez com que Bella se deitasse na cama. Ele se encaixou no meio das pernas dela, e encarou seus dois melhores amigos. Os seios brancos, e macios de Bella já intumescidos pela excitação. Ele passou a língua nos bicos rosados dela. Bella arqueou ainda mais pra frente,fechou os olhos e mordeu os lábios.



Edward se virou para pegar o preservativo na gaveta do criado mudo, e o colocou. Bella tomava as pílulas,mas ainda fazia uso de camisinhas. Não queria correr o risco de pegar uma gravidez novamente. Edward a provocava, colocando apenas a ponta de seu pau na entrada dela, e depois saia. Bella resmungava.



–-Edward,por favor. Eu não estou agüentando. Mete logo. – Ela gemeu.



Edward não pensou duas, e acatou ao seu pedido, e se enfiou logo dentro dela. Bella gemeu alto, e moveu sua pélvis contra o pênis de Edward. Os dois se moviam em uma sincronia perfeita.



Bella enlaçou suas pernas em volta da cintura de Antony. Ele apoiou Bella pelas costas, e a ergueu a fazendo se sentar em seu colo. Eles não paravam de se olhar. As estocadas iam mais rápidas e fundas.



–-Ahhh... Antony.... Ahhhhh – Bella gemia arranhando as costas dele.



–-Comigo amor. – Ele dizia ainda se movendo.



Eles ficaram assim até a chegada do delicioso orgasmo. Ficaram se encarando ofegantes. Bella ainda continuava com o membro de Edward dentro de seu interior. Ele deu um sorriso,e a retirou delicadamente de seu colo.



Edward se levantou da cama, e foi para o banheiro se livrar do preservativo. Depois disso, ele se jogou na cama ao lado dela.



–-Que saudades do seu corpo. – Bella disse enquanto passeava seus dedos pelo peito nu dele.



–-Você agüenta o próximo round? – Ele e encarou com malicia.



–-Vamos lá tigrão. – Bella lhe deu um beijo, e montou em cima dele novamente.





A partir daí eles continuaram. Fizeram duas,três vezes. Não pareciam se cansar. Depois foram dormir exaustos,mas acima de tudo satisfeitos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.