quarta-feira, 7 de maio de 2014

Fanfic "Desire And Crime"- Capítulo 22

Autora: Larissa Hale (Nyah / Larissa)
Sinopse: Edward Cullen conhecido como Antonny, é chefe da Cosa Nostra Americana com apenas 28 anos. Homem impiedoso. Não mede esforços para acabar com alguém e conseguir o que quer. É um homem temido por todos,até mesmo pelo amor. Isabella Swan,conhecida como La Belle ou apenas Bella,tem 24 anos e é prostituta do bordel de James. Uma pessoa considerada fria e sem sentimentos. Foi abandonada pelos pais quando tinha 6 anos. Desde daquele dia não acredita mais no amor. Duas vidas que se encontram apenas em uma noite,mas que pode mudar a vida deles para sempre. Apenas um encontro vai entrelaçar suas vidas pela eternidade....
Classificação: +18
Categorias: Saga Crepúsculo
Personagens: Alice Cullen, Angela Weber, Aro Volturi, Bella Swan, Carlisle Cullen, Charlie Swan, Demetri Volturi, Edward Cullen, Emmett Cullen, Esme Cullen, Felix, Heidi, Irina Denali, Jacob Black, James, Jasper Hale, Jessica Stanley, Mike Newton, Renée Dwyer, Renesmee Cullen, Rosalie Hale, Tanya Denali, Victoria
Gêneros: Ação, Drama, Hentai, Romance, Tragédia, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Capítulos :  /  /  /  /  /  / 7º /  /  / 10º / 11º / 12º / 13º / 14º / 15º / 16º /17º / 18º/19º / 20º / 21º

Capítulo 22


–-Oh meu deus,Edward.... Estou quase lá. – Bella gemia se contorcendo embaixo dele.


–-Não chame Deus nesse momento Bella. – Edward dizia no ouvido dela,estocando mais forte.

–-Me leva aonde você quiser. Ao céu ao inferno. Mas por favor vai mais fundo. – Ela arranha as costas dele.

Mais algumas estocadas,Bella gemeu o nome dele alto,chegando ao seu ápice. Edward continuou até sentir os espasmos tomarem conta de seu corpo. Ele desfaleceu após chegar ao seu orgasmo. Ele descansou seu rosto no vão dos seios de Bella. Ela ficou alisando os cabelos suados dele.

–-Você é maravilhosa. – Edward disse dando um beijo no local, e erguendo o rosto para olha-la.

–-Modéstia parte eu sou. Você também é maravilhoso. Então quando nós vamos para Chicago? – Bella disse e Edward enrijeceu sob ela.

Desde que Edward havia dito que teria que resolver uns problemas em Chicago,Bella cismou que queria ir junto. Ela disse que queria ficar de olho nele. Edward era lindo,e portanto chamava atenção de certas cadelas. Era queria estar lá para afasta-las dele.

Edward riu com isso. Percebeu que Bella era ainda mais ciumenta que ele. Ele contestou dizendo que era perigoso demais. Ele não iria até lá para se divertir ,e sim para cuidar de seus negócios. Mas Bella era teimosa.

Edward sabia se defender como ninguém. Era forte para aguentar qualquer coisa sozinho. Não queria ver Isabella em risco por sua culpa. Ele tinha suspeitas que mais uma vez Aro estava metido nisso. Garotos com pouca idade não iriam querer enfrenta-lo. Eram veteranos demais, e não sabia realmente o que era o mundo do crime.


–-Isabella eu já lhe disse que você não vai. – Edward disse com a voz dura. Bella resmungou e o empurrou de cima dela.


–-Por que não? – Ela retrucou, se sentando na cama e erguendo a sobrancelha.


–-Entenda uma coisa Bella, não posso deixar você correr perigo. Esses garotinhos são inexperientes no assunto,mas com certeza sabem usar armas. Ouça Bella, eu prometo voltar no dia seguinte. – Ele disse suavemente.


–-Por favor Edward. Eu prometo me comportar e ficar bem quietinha. Me deixa ir com você. – Bella ronronou passando a mão pelo corpo nu dele.


–-Não tente me seduzir. Eu conheço muito bem seus joguinhos. – Edward disse com uma expressão seria. Mas seu corpo estava queimando pelo toque dela.


–-Eu prometo ser boazinha e fazer tudinho que você quiser. – Bella disse, e em seguida mordendo o lóbulo da orelha dele.

Edward não conseguiu se manter sério. Estava esperando ansiosamente pelo toques das pequeninas e delicadas mãozinhas,capazes de provocar sensações maravilhosas nele. Adorava ouvir Bella gemendo seu nome enquanto ele se afundava nela,ou arranhando suas costas quando chegava em seu orgasmo.


Bella tinha o corpo perfeito. Cintura fininha, barriga lisa,pernas longas e torneadas,seios redondos e perfeitos, que cabiam perfeitamente em suas mãos e boca,bumbum empinado. Ela tinha tudo na medida certa.


–-Tudo que eu quiser? – Ele disse malicioso passando os dedos sob os seios dela já entusmecidos de Bella.





–-Tudinho. Mas primeiro você vai ter que dizer se eu posso ir. – Bella disse tentando manter o controle. Edward com seus toques,tirava a sanidade mental de qualquer mulher.


–-ok. Mas você vai ter que me pagar com juros e correção monetária. – Edward disse dando beijos no pescoço dela.


Edward atacou os lábios de Bella com fúria. Bella agarrou os cabelos dele com força,tentando aprofundar ainda mais aquele beijo. Como se isso ainda fosse possível. Eles rolaram pela cama, e recomeçaram novamente. Bella sabia como convencer Edward. Ele parecia ser maleável apenas á base de sexo.


Os dois se amaram mais duas vezes naquela manhã, depois tomaram banho juntos em meio á caricias ousadas e muito provocativas. Depois eles se arrumaram, e desceram para o café.


Edward deu um beijo em Bella e foi para o trabalho.







Depois que Edward foi para o trabalho,Bella foi para a sala assistir um pouco de TV. Ela se sentou em um dos estofados super confortáveis, e começou a mexer em seutablet. Presente dado por Edward na semana passada. Ela não sabia o por quê dele ter dado um aparelho tecnológico e caro daqueles pra ela. Edward adorava gastar,principalmente com ela.


Enquanto Bella navegava por sites e blogs de noticia,viu fotos suas. As vezes,no portão da mansão estavam lá um monte de paparazzi. Bella estava se sentindo uma celebridade,já que não podia sair de casa,porque ela sabia que no final do dia,lá estaria fotos dela. Como agora,por exemplo,as revistas já anunciavam um possível noivado entre o grande empresário Edward Cullen, e Isabella Swan. Só que eles não sabiam que ela era uma ex-prostituta, e Antony era um a mafioso.


A campainha tocou, e então Juliet a empregada da casa foi atender. Hoje era o dia de folga de Sue. Era Esme na porta,que vinha toda sorridente.


–-Esme quanto tempo. – Bella deixou o tablet de lado e foi abraça-la.


Desde o ano novo que Bella não via a sogra. Esme não era uma dessas sogras megeras, que Bella via em filmes e novelas. Esme era como se fosse uma mãe para Bella.


–-Já que o ingrato do meu filho não te leva mais lá em casa, eu resolvi vir até aqui.


–-Sente-se. Você quer algo para beber?


–-Não. Obrigada. Como você esta querida? – Esme se sentou ao lado de Bella.


–-Muito bem. Esse fim de semana, eu e Antony vamos a Chicago. Ele precisa resolver uns “problemas” lá. – Bella deu os ombros.


–-Carlisle me disse que tipo de “problemas” são esses. Isso me deixa de coração apertado. Bella eu queria lhe perguntar uma coisa. Meu filho lhe satisfaz? Digo,sexualmente falando. – Esme disse. Bella quase engasgou com sua própria saliva.


–-Ham... Hanrrã. Edward e ótimo. – Bella disse pigarreando.


–-Eu espero que sim. Não quero perder uma nora como você,por causa da impotência do meu filho. Sabe,Edward já teve varias mulheres,mas você foi a primeira que eu realmente gostei. – Esme disse segurando a mão de Bella.


–-Eu também gosto muito de você Esme. – Bella retribuiu o sorriso.


–-Então voce esta preparada para o casamento de Alice? - Esme perguntou.


–-Sim. Eu nunca fui em nenhum casamento.


–-Alice esta muito animada. Eu me lembro quando foi a vez de Rosálie. Alice quase pirou,porque queria que a irmã tivesse o melhor e mais bonito casamento de todos.


Esme e Bella ficaram conversando até a hora do almoço. Esme disse que tinha que ir pra casa, e que infelizmente não poderia ficar mais. Ela prometeu que voltaria mais vezes para conversar com Bella. Despediu-se dela e foi embora.


Bella então ficou o dia todo sozinha com Mitsy,até Edward chegar.










Era sábado, o dia em que Bella e Edward iria para Chicago. Não só eles mais também,Emmett,Jasper e alguns homens.


Edward tinha um jatinho particular. Eles saíram de Seattle as 10 da manhã. A distancia entre Seattle e Chicago era de 2.786 quilometros. Demorariam cerca de 4 horas para chegar lá.


–-Encontre no banheiro em cinco minutos. – Bella sussurrou no ouvido dele.


Edward deu um sorriso malicioso. Uma foda no banheiro de um avião. Nada podia ser melhor que isso. 5 minutos passados,Edward se levantou de sua poltrona, e foi em direção do banheiro.


–-Sabe,umas das minhas fantasias mais loucas,seria fazer sexo no banheiro de um avião. – Bella disse vendo Edward no reflexo do espelho.


Edward deu uma checada na parte traseira de Bella, e passou a língua pelos seus lábios. Ele afrouxou sua gravata. Virou Bella, e lhe deu um beijo selvagem. Bella envolveu suas pernas na cintura de Edward. Ela já sentia o membro duro dele cutucar seu traseiro.





45 minutos passados,os dois saiam do banheiro arrumando suas roupas amassadas. Antony já não estava mais de gravata. A verdade é que ele nem sabia aonde ela estava. Bella estava com os cabelos armados,lábios vermelhos e inchados, e pescoço cheio de marcas.


–-Seus safadinhos. Foram foder no banheiro não é? Nossa Bellinha parece que um leão te atacou. – Emmett zombou deles. Bella ficou envergonhada, e olhou para a janela.


–-Ela corou. Com certeza Antony a pegou de jeito. – Jasper disse rindo.


–-É melhor calarem a boca,antes que eu jogue vocês pra fora do avião. – Edward disse irritado fazendo os dois se calarem.





Eles passaram 4 horas ali dentro. Bella corava todas as vezes que Emmett fazia alguma piadinha sobre o episodio do banheiro. Será que ela havia gemido alto demais? Foda-se. Ela havia feito sexo em um lugar cheio de pessoas do sexo masculino. Isso era super excitante.


O jatinho pousou, e já havia um carro á espera deles.


–- aonde vamos ficar? Em um hotel? – Bella perguntou.


–-Não. Eu tenho uma cobertura aqui. – Ele respondeu e Bella arregalou os olhos.





O motorista parou em frente á uma cobertura de luxuosa que Edward tinha. Eles só iriam a boate as 20:00. Ainda tinha algumas horas de descanso.


–-Uau. Eu nunca pensei que você pudesse ter uma cobertura como essa. – Bella disse olhando ao redor.



–-Eu tenho muito mais que uma cobertura em Chicago querida. – Edward a abraçou por trás, e deu um sopro da orelha dela.





–-É claro que você tem. Afinal você é Edward Antony Masen Cullen. E o que mais o senhor mafioso tem pra me mostrar? – Bella disse colocando seus braços ao redor do pescoço.


–-O que eu chamo de paraíso. O meu quarto. – Ele disse maliciosamente no ouvido dela.








Eram 19:00 quando Edward finalmente havia deixado Bella sair da cama. Ele queria que ela desistisse dessa idéia maluca de acompanha-lo até a boate. Mas Bella era Bella.


Isabella se levantou da cama ouvindo reclamações de Antony, ela então seguiu para o banheiro. Tomou um bom banho e foi se vestir. Pegou uma roupa que Alice havia colocado dentro de sua mala. Enquanto ela se arrumava,Edward também se vestia. Colocando um terno preto sem gravatas.


–-Então como estou? – Bella rodopiou na frente dele.


–-Eu acho que não quero sair daqui hoje. – Ele disse olhando-a de cima baixo, e lhe dando um sorriso torto.


–-Vou levar isso como um elogio. – Ela respondeu.


Edward ligou para Jasper, e disse que já poderiam ir. Perguntou se já estava tudo preparado. Não era como se ele fosse receber um carregamento de droga,mas como tinha muito inimigos, e Bella estaria com ele,precisava se prevenir.


–-Acho que já podemos ir. – Ele disse colocando uma pistola em sua cintura.


Bella assentiu, e eles saíram. Foram meia hora de carro até chegar na Vision. Bella viu que era uma boate de luxo. Quando entrou ficou ainda mais surpresa. Haviam algumas mulheres no polydance. Mas o homens não a tocavam.


Antony proibia qualquer ato que pudesse ser considerado prostituição dentro de sua boate. As mulheres ali dentro apenas dançavam. Agora o que elas faziam lá fora,era responsabilidade delas.


–-Venha. Vamos falar com Riley. – Edward disse no ouvido dela por causa do barulho.


Os homens de Edward estavam a postos, e prontos para qualquer situação. Assim como Edward também estava. Ele,Bella,Jasper e Emmett foram em direção ao escritório. Jasper abriu a porta sem bater.


–-Antony. – Riley disse surpreso.


–-Olá Riley. Eu vim aqui resolver os problemas que você foi incapaz de resolver. – Edward respondeu serio. Riley tremeu da cabeça aos pés.


–-Eu sinto muito Antony. Eu não teria ligado se não fosse algo de importante. – Riley disse nervoso.


–-Entendo.


–-E que é essa senhorita? – Riley disse olhando para Bella.


–-Pare de olhar pra ela. Essa é Isabella. Minha mulher. – Edward disse frisando bem as palavras.


–-Ok. Eu nunca pensei que você pudesse ter uma mulher fixa. Voltando ao assunto. São os homens de Aro. Semana passada,um deles quase violentou uma das dançarinas. Acham que são prostitutas. – Riley disse, e Edward trincou os dentes.


–-Edward,nós vamos dar uma checada lá fora. – Jasper disse saindo junto com Emmett.


–-Me diga Antony. Aonde você arrumou essa belezinha? – Ele disse olhando para Bella e lambendo os lábios.


–-Não lhe interessa Riley Biers. Só digo que de onde essa veio não tem outra igual. – Antony disse e Bella sorriu.





De repente foram se ouvidos sons de tiro do lado de fora. bella acabou pulando de susto. Antony se levantou e pegou sua arma.





–-Chefe,o Volturi esta aqui. – Jasper disse entrando no escritório.


–-Emmett leve Bella embora daqui. Eu vou ficar e ajustar minhas contas com Aro. – Edward disse. seus olhos faiscavam fúria. Será que aquele era mesmo o momento do acerto de contas?


Bella se desesperou na hora. Edward não podia estar falando serio.


–-O que? NÃO! Eu quero ficar aqui com você Antony. – Bella estava desesperada. Ele caminhou até ela e a segurou pelos ombros.


–-Você vai sair daqui Isabella. Não quero você metida nisso. – Ele disse de um modo carinhoso, e preocupado. Bella já chorava.


–-Não. Por favor. Não vai lá. Ele vai matar você. – Bella se agarrou á roupa dele.


–-Ele não vai me machucar. Agora vai com o Emmett. – Edward disse lhe dando um beijo na testa.


–-Vamos Bellinha. Daqui a pouco o Antony vai estar junto com você. – Emmett disse tentando acalma-la enquanto a tirava dali.


Antony assistiu Emmett tirar Bella dali. Agora sim estava mais tranqüilo. Bella era o seu ponto fraco, e seus inimigos sabiam disso. Ele tinha medo que algo acontecesse com ela,por sua culpa. Ele suspirou,carregou sua Glock 9mm,capaz de matar uma pessoa em menos de dois segundos.


Edward saiu do escritório. Estava pronto.





Os tiros ainda não haviam cessado. De um lado os homens de Edward com armas de alto calibres. E de outro lado os homens de Aro,tentando a todo custo acerta-los. A boate estava pura. E pelo que ele pode ver não havia ninguém ferido.


–-Ora,ora,ora quem esta aqui? Antony Cullen. – A voz de Aro soou entre os tiros.


–-Seu tempo aqui acabou. Filho da puta. – Antony rugiu disparando tiros contra Aro, que se escondeu atrás de uma pilastra.


Edward e Jasper conseguiram acertar alguns homens de Aro. Mas o alvo principal de Edward era Aro. Ele queria logo disparar um tiro na testa dele e acabar com aquilo tudo logo de uma vez.


Edward acabou sendo atingindo no ombro esquerdo. Com a adrenalina em seu corpo,não sentiu nenhuma dor. Apenas uma queimação. Mas ele não ligou.





–-Quando eu te pegar Aro,você vai implorar para ser morto.


–-Ainda não vai ser hoje,Antony. Diz para a sua mulherzinha que quando eu pega-la eu vou arromba-la. – Aro disse saindo dali.


–-Edward,aonde você foi atingido? – Jasper perguntou ajudando ele a se levantar.


–-Foi só de raspão. No ombro esquerdo. – Ele fez uma careta.


–-Tem certeza que você não quer ir á um hospital?


–-Jasper deixa de ser uma bichinha. Eu não preciso de porra nenhuma de hospital. Me leva para a cobertura. Bella deve estar preocupada.


–-Bella vai ficar ainda preocupada quando ver a sua camisa cheia de sangue. – Jasper avisou.


–-Eu me viro com ela depois.





Antony sabia que Bella ficaria preocupada quando visse o ombro dele. Foi apenas um tiro de raspão. Não era a primeira vez que ele era baleado.


Jasper fez a vontade de Antony meio contra gosto. Não haviam conseguido pegar Aro naquela noite,mas não iriam desistir.





–-Edward. – Bella pulou os braços dele.


–-Ai. – Ele gemeu de dor. Bella havia apertado seu ferimento.


–-Chefe eu tentei conte-la,mas essa mulher é foda. – Emmett disse comendo um sanduiche.


–-Obrigado Emmett por cuidar de Bella. Vocês dois podem ir. Manhã nós nos falamos. – Edward disse. os dois assentiram e saíram.


–-Você esta bem? – Bella perguntou inspecionando o corpo dele com os olhos.


–-Me ajude a tirar o paletó.


Bella ajudou ele a tirar a paletó. Ela ainda não havia visto o ferimento. Ela reprimiu um grito ao ver aquilo. Ainda sagrava.


–-Foi aquele infeliz que fez aquilo? – Ela perguntou tentando controlar o nervosismo em sua voz.


–-Foi. Mas foi apenas de raspão.


–-Você precisa de um medico. – Ela se exaltou.


–-Não. Eu não preciso. Vá até o banheiro e pegue uma maleta de primeiro socorros pra mim. – Ele disse se sentando no sofá.


Bella foi até o banheiro, e pegou a pequena maleta, e voltou novamente para a sala.


Edward queria cuidar de seu ferimento sozinho,mas Bella negou. Ela limpou bem o machucado com gaze e soro. Depois, ela fez um curativo.


–-Eu já cuidei de seu braço. Agora eu vou cuidar de você. – Ela passou a mão pelo abdômen dele.


Antony deu em resposta um sorriso malicioso. Pegou ela no colo,mesmo ouvindo protestos vindo dela,e a levou para o quarto. Estava com o seu ombro ferido,mas para o que iriam fazer não iria precisar dele.

Irmandade Robsten Legacy Visite nossa Galeria

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Antes de comentar saiba que:
1. Você pode se Cadastrar com sua rede social para comentar é muito simples. Clique AQUI para saber mais.
2. Comentários, imagens e links ofensivos a Robert, Kristen ou ao trabalho realizado por esse fandom serão deletados e banidos.
2. Evitem usos de palavrões e confusões pois esses comentários serão deletados e colocados na lista de SPAM.
3.Links de sugestão de máterias por favor enviem para irmandaderobsten@hotmail.com ou no nosso chat.